Colóquio Internacional

Educação e eLearning em Estabelecimentos Prisionais em Portugal

6 de Novembro de 2018 | Delegação Regional do Porto da Universidade Aberta

 

Âmbito

No dia 06 de novembro de 2018, a Delegação Regional do Porto da Universidade Aberta acolhe o I Seminário Internacional “Educação e eLearning em Estabelecimentos Prisionais em Portugal” numa organização conjunta da Unidade de Desenvolvimento dos Centros Locais de Aprendizagem da Universidade Aberta (UMCLA) e do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra.

Num mundo cada vez mais tecnologizado, a alfabetização digital assume-se como um imperativo para o desenvolvimento pessoal, e para a inclusão e participação na “sociedade em rede” de todos e de cada um em particular, com especial ênfase para os grupos sociais menos favorecidos ou em situação de exclusão social, como é o caso dos cidadãos reclusos.

O desenvolvimento desta alfabetização e de competências digitais pode ser considerado uma vertente da inclusão social e consiste em proporcionar o acesso às tecnologias e estimular a capacidade de criar e produzir significados e sentidos nos ambientes digitais. Com efeito, a conceção, o desenvolvimento e a implementação destes ambientes digitais assumem especial relevância junto dos cidadãos reclusos que se encontram em situação de exclusão.

Na atualidade os estabelecimentos prisionais europeus, de uma forma geral, oferecem acesso limitado às TIC e à Internet, o que pode constituir-se como uma barreira para a inclusão digital. Face a este cenário, têm sido desenvolvidos alguns projetos na Europa com o objetivo de maximizar o potencial das tecnologias digitais e dos sistemas de eLearning e Blended Learning,não só como uma ferramenta para o desenvolvimento de competências e conhecimentos profissionais, mas também para o desenvolvimento de competências digitais e aumento da literacia digital dos cidadãos em cumprimento de uma pena ou medida judicial.

Por sua vez, em Portugal, e apesar dos esforços realizados no sentido de uma aproximação a esta realidade, as iniciativas desenvolvidas encontram-se ainda em estado embrionário. No entanto têm sido dados passos importantes no sentido de modernizar os estabelecimentos prisionais enquanto estratégia para a qualificação e para uma cidadania, marcadamente, digital.

É, pois, neste contexto que surge o I Seminário Internacional “Educação e eLearning em Estabelecimentos Prisionais em Portugal” que contará com a presença de especialistas, professores e investigadores, nacionais e internacionais, que têm procurado estudar o fenómeno educativo em contexto prisional e onde serão debatidos os possíveis contributos das tecnologias para o desenvolvimento de um espaço digital de interações neste cenário específico que permita responder aos atuais desafios da sociedade contemporânea.

Na realidade, o papel efetivo de um exercício pleno de cidadania digital como quadro referencial essencial da adequação dos cidadãos reclusos aos novos desafios da sociedade do conhecimento, só será possível com a implementação de uma cultura estruturada de inovação e requalificação, promotora de empregabilidade e inclusão social enquanto instrumentos de promoção dum objetivo global de coesão social.


P R O G R A M A

10h15    Receção aos participantes
10h30    Sessão de abertura
Celso Manata (Diretor Geral de Reinserção e Serviços Prisionais)
Paulo Dias (Reitor da Universidade Aberta)
António Rochette (Coordenador Científico do CEIS20)
António Gomes Ferreira (Coordenador do NEPES/GRUPOEDE do CEIS20)

11h00   Campus de Formação e Educação Digital- EDUCONLINE@PRIS
José António Moreira (Coordenador do Projeto “EaD e eLearning em Estabelecimentos Prisionais em Portugal”, Universidade Aberta)
Jorge Monteiro (Centro de Competências para a Gestão de Programas e Projetos da DGRSP)

11h30 Antestreia Documentário: Se eu pudesse tornar o pensamento em palavras de dizer
Pedro Branco (Realizador)

12h00 Educação a Distância e eLearning no Ensino Superior em Estabelecimentos Prisionais em Espanha e Inglaterra

· Delivering Digital Higher Education into Prison
Anne Pike (Institute of Educational Technology, Open University)

· Los Estudiantes Universitarios de la UNED en Centros Penitenciarios
António Viedma Rojas (Universidad Nacional de Educación a Distancia, UNED)

Comentadora: Carlinda Leite (CIIE/FPCE, Universidade do Porto)

13h00   Pausa para almoço 

14h30 Mesa Redonda: Projetos Educativos em Estabelecimentos Prisionais em Portugal

· eLearning para a Vida e em Contexto Prisional: EPRIS.
Angélica Monteiro (RECI/CIIE-FPCE, Universidade do Porto); Rita Barros (RECI- Instituto Piaget)

· Educar para a Cidadania com o Cinema em Contexto Prisional.
Sara Dias-Trindade (NEPES/CEIS20/FL, Universidade de Coimbra); José António Moreira (NEPES/CEIS20/DEED, Universidade Aberta)

· Masculinidades e sexualidades, aprendendo com a diversidade: vozes (in)submissas de homens em privação de liberdade
Cristina Pereira Vieira (Universidade Aberta); Luís Santos (Universidade Fernando Pessoa)
Comentador: António Gomes Ferreira (NEPES/GRUPOEDE/CEIS20, Universidade de Coimbra)

16h00  Associação Portuguesa de Educação nas Prisões (APEnP)
Armando Paulo Ferreira Loureiro (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Membro da Comissão Instaladora)
José Alberto Pereira Pinto (Membro da Comissão Instaladora)

16h15 Conferência de Encerramento
Educação de Adultos em Estabelecimentos Prisionais. Cenários e Perspetivas Futuras.
Luís Alcoforado (CEIS20/FPCE, Universidade de Coimbra)

16h45 Encerramento